Exuma * Bahamas

março 24, 2019 Blog Mundo Amor 0 Comments





Exuma (ou Exumas) nas Bahamas é o verdadeiro paraíso na Terra!!!! Esse destino paradisíaco, banhado pelo mar do Caribe, conquistou nossos corações e certamente está no TOP 5 dos mais incríveis que já estivemos!!!! Estivemos lá em março desse ano, 2019, para viver um carnaval diferente dos tradicionais no Brasil. Estávamos com uma viagem programada para a Flórida (Miami e Fort Lauderdale) e, pesquisando o blog da Lala Rebelo, encontrei esse paraíso tão próximo dali. Confio muito nas dicas dela e sugestões, portanto a agradeço por me inspirar nessa viagem tão incrível !!! Alguns textos abaixo são do próprio blog dela, com inclusão das minhas experiências :) e um extra: Exuma com criança de 2 anos e meio !!!!


O que você vai encontrar por lá: praias praticamente desertas com areia branquinha e água turquesa, porcos que nadam (e que moram numa ilha afastada e paradisíaca, onde o acesso é feito apenas de barco), tubarões, arraias, iguanas, peixes coloridos, tartarugas, cavernas aquáticas, ilhas e mais ilhas, mansões de famosos, cidades/vilas super rústicas e muitos bancos de areia (sandbars), que são verdadeiras PRAIAS formadas bem no meio do Mar do Caribe.

As Bahamas são um país localizado no Mar do Caribe, formado por nada menos do que 700 ilhas e 2400 ilhotas (cays). Fica pertinho da Flórida (Estados Unidos), de Cuba e de Turks & Caicos, e é um dos principais destinos de praia do mundo, fazendo do turismo a principal fonte de renda do país. A capital das Bahamas é Nassau, que fica na ilha de New Providence, a 40min de vôo de Exuma (George Town).

As Bahamas foram colonizadas pelos britânicos, que deixaram várias heranças por lá, como, por exemplo, o jeito de dirigir (na esquerda – mão inglesa), o idioma inglês e alguns pratos da culinária. Apesar de ser hoje um país independente (desde 1973), trata-se de uma monarquia constitucional, comandada pela Rainha Elisabeth II (sim, a da Inglaterra!), representada por um governador-geral e um primeiro-ministro.

As Exumas são um arquipélago formado por mais de 365 ilhas e ilhotas, divididas em 3 principais áreas: “Great Exuma”, “Little Exuma” e “The Exuma Cays”.

Great Exuma e Little Exuma (duas ilhas interligadas por uma pequena ponte) são conhecidas pela atmosfera mais descontraída, rústica… Apesar de terem alguns hotéis luxuosos, de grande porte, são localidades mais simples, mais “tranquilas”, que também dispõem de pequenos hotéis e pousadas e bares/restaurantes típicos. Nós nos hospedamos em Great Exuma e fizemos passeio de barco por Exuma Cays.

Já os Exuma Cays são puro luxo! Há muitas casas/ilhas particulares, de milionários e celebridades (como Faith Hill, Tim McGraw, David Copperfield, Chuck Noris, Sir Richard Branson, Nicolas Cage, entre outros), yachts enormes, resorts de luxo e condomínios a beira-mar.


Foto Blog Mundo Amor 


O jeito mais fácil de chegar em Exuma (Exuma International Airport – George Town – GGT) é via Estados Unidos, em um voo DIRETO que sai de Fort Lauderdale e dura 1h45min (pela cia Silver Airways). Atenção as mudanças de horário nos voos dessa companhia. No dia da nossa viagem o voo foi alterado 4 vezes e acabamos não acompanhando as mudanças, perdendo-o. Tivemos que embarcar no dia seguinte e estender mais um dia de viagem...

Outra opção é fazer apenas 1 conexão em Miami.

A forma mais interessante atualmente para pesquisa de melhores voos e tarifas é através do site da Google flights (clique aqui).

Outra maneira é ir para NASSAU (aeroporto NAS), capital das Bahamas e de lá pegar um vôo de uma cia aérea local para Exuma (George Town – GGT), com 40 minutos de duração, que são:

  • Bahamas Air 
  • SkyBahamas

A Bahamas Air tem aviões mais novinhos, maiores, um site mais moderninho, mas está sempre atrasada: faça o check-in da Bahamas Air online para evitar problemas na hora.

A SkyBahamas é mais “rústica”, os aviões são menores e mais antigos, mas é super pontual e profissional. Atenção: Os assentos entre as fileiras 5-7 ficam em cima da asa e não têm muita vista (e a vista é demais!!!).

Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 


Assim como boa parte do Caribe (exceto Aruba, Curaçao e outras ilhas próximas), Bahamas está na “zona de furacões”, que vai de julho a outubro.
O furacão Matthew passou por lá (out/16) e causou grandes estragos, inclusive em George Town/Exuma.

A melhor época para ir vai de novembro ao começo de abril, no “inverno” deles (não se preocupe… Faz bastante calor no inverno bahamense!!).

Fomos na primeira semana de março e o clima estava perfeito: dias ensolarados, noites frescas, pouco pernilongo e a ilha absolutamente vazia. Lá venta bastante e inclusive há prática de kitesurfe em algumas praias paradisíacas!


Curiosidade: o nome Bahamas vem do espanhol “baja mar” (algo como “mar raso”). Pelas fotos dos bancos de areia, o nome faz todo sentido, né?!

  • Quanto tempo ficar?? Recomendo ficar no mínimo 4 noites em Exumas; se possível até mais! Nós ficamos esse período e conseguimos conhecer muitas praias e lugares incríveis, mas foi bem corrido. Especialmente por estarmos com nossa filha de 2 anos e meio. Uma diária a mais já permitiria um pouco mais de calma para desfrutar de tantas maravilhas e até mesmo do hotel!!!

  • 1 Dólar Bahamense (BSD) equivale exatamente a 1 Dólar Americano (USD), que é aceito em todos os lugares da ilha, de igual pra igual. Portanto não há necessidade alguma de fazer câmbio. Porém, você receberá de troco moedas locais e é bom gastá-las enquanto estiver por lá!!

  • Há horário de verão nas Bahamas, de março a novembro (adianta-se 1 hora). Estávamos lá no primeiro dia desse horário em 2019 e foi muito gostoso ter dias mais longos para aproveitar ainda mais esse destino. 

  • Os tons de azul no mar oscilam conforme a luz do sol - entre 11h e 14h ele fica no ponto alto de beleza. Programe os seus passeios (e fotos!) para esses horários e contemple a alteração de tonalidades ao longo do dia.

  • Muito muito muito importante: Não esqueça de levar REPELENTE para aplicar o tempo todo!! Há muitooo mosquito na ilha (eles são minúsculos e quase invisíveis... então não vale arriscar e passar só quando avista - los). 

  • ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL
Eu nunca viajo sem seguro de saúde internacional. Sempre faço o meu pela REAL Seguros ou quando compro a passagem com meu cartão de crédito, aciono o seguro viagem que a bandeira do cartão disponibiliza.
Clique aqui para fazer uma cotação. Após compra online, a apólice chega por email em minutos.

  • PASSAPORTE, VISTO E VACINA FEBRE AMARELA
Brasileiros não precisam de visto para entrar nas Bahamas, apenas passaporte válido e VACINA CONTRA FEBRE AMARELA no cartão de vacinação internacional. Nossa experiência: Saímos de Fort Lauderdale e não nos foi solicitada a carteirinha internacional com a confirmação da vacina, mas estávamos com ela em mãos, pois atualmente o Brasil foi incluído na lista de países que as Bahamas exigem vacinação como meio de prevenção da doença no país. Consulte aqui essa lista da ANVISA. (Você precisa ter tomado a vacina pelo menos 10 dias antes do embarque para a viagem para que ela tenha validade). 

Não se esqueça de que para fazer conexão nos Estados Unidos o passageiro precisa ter VISTO AMERICANO válido!!!!!

  • Para quem for viajar apenas para NASSAU e quiser ao menos VER um pouquinho de Exuma, dá para ir para o norte de Exuma Cays em aproximadamente 1-2h de speedboat.

*** COMO SE LOCOMOVER NA ILHA ***

Taxi é caro em Exuma (algo em torno de US$30 para curtos trajetos), portanto o ideal é ALUGAR UM CARRO para explorar as praias ao redor da ilha. Afinal, da ponta norte de Great Exuma à ponta sul de Little Exuma são quase 80km (as ilhas são “compridas”, mas são bem estreitinhas).
Nós alugamos um carro através de indicação do hotel a partir do segundo dia que estávamos na ilha (pois o primeiro dia foi só relax no hotel) e fizemos a devolução no aeroporto no dia de irmos embora (foram no total 3 diárias). Isso porque temos rodinha nos pés e, apesar de termos ficado hospedados em um hotel delicioso e com uma das praias mais paradisíacas da ilha, saímos todos os dias (alguns meio períodos e outros dias inteiros) pra explorar mais e para cantinhos de Exuma e nos surpreendemos com novos paraísos!!!!

Para dias como o do tour pelos Exuma Cays (praia dos porquinhos, bancos de areia etc.), é preciso contratar uma empresa de barco que faz o passeio, que normalmente inclui pick-up e drop-off no hotel. Nesse dia não é necessário ter aluguel de carro. Mas como estávamos com nossa filha de 2 anos e meio, achamos muito puxado passar um dia todo no barco com excursão, então fizemos um passeio privativo, mais curto - Vou falar mais abaixo, na parte de “roteiros/o que fazer”.

O esquema de aluguel de carro na ilha é bem simples, nada de grandes redes ou reservas por sites. Entre em contato com a empresa para reservar e peça para levarem o carro no seu hotel ou no próprio aeroporto, na chegada.
O valor das diárias são elevados e os carros costumam ser bem antigos. O nosso era uma RAV4 que sacudia tanto, que parecia uma carroça, rsrsrs... Custou US$120/dia com taxas e seguro. Há carros mais simples, mas eles esgotam rápido, por isso vale fazer reserva com bastante antecedência - em torno de US$80/dia.

Alugamos com a:

MÃO INGLESA ALERT!!! Atenção… Nas Bahamas se dirige na mão inglesa, ou seja, na pista da esquerda. A maioria dos carros (inclusive o que alugamos) tem o volante do lado oposto (alguns não! rs). Mas não se preocupe, porque o trânsito é meeeeega tranquilo, quase não há carros na ilha. Se você nunca dirigiu na mão inglesa antes (apesar de ser algo que se acostuma facilmente, o melhor lugar para “se arriscar” é em Exuma. (Há um adesivo em todos os carros com um lembrete dizendo KEEP LEFT - mantenha se a esquerda).

Quanto ao caminho, não há erro , basta um mapinha simples! A ilha é praticamente uma estrada de ida e volta.
Mas o pessoal do nosso hotel PARADISE BAY disponibilizou um arquivo do MAPS.ME (aplicativo de mapas que funciona sem uso de internet) com marcações das melhores praias, hotéis e restaurantes... foi ótimo!


Foto Blog Mundo Amor 


Foto Blog Mundo Amor 


O aeroporto internacional de EXUMA fica em George Town, Great Exuma, a principal ilha das Exumas.
Foi lá que fizemos nossa base, por ter mais hotéis, estrutura em geral e facilidade de acesso. De lá é possível realizar passeios para outras ilhas e para os cays.
Além disso, a própria ilha tem muita praia linda e estar ligada a Little Exuma por uma pequena ponte. 

** TRANSPORTE AEROPORTO-HOTEL ***

A ilha não é tão pequena e é preciso ir de taxi para o hotel. O aeroporto é MINI e não vi muita opção de transporte na chegada. É melhor combinar antes: Peça para o seu hotel reservar um pick-up pra você.
Pagamos US$30,00 o trecho de 20 minutos.

A ilha de Great Exuma é a maior de todas do arquipélago (tem 60km de extensão). Apesar de ser suuuper rústica, com bastante mato e poucas casas/estabelecimentos comerciais (até mesmo na capital, George Town, que é mini), é onde há a melhor infraestrutura (aeroporto internacional, hotéis, restaurantes e oferta de passeios para ilhas nas proximidades).

Esse foi o hotel em que nos hospedamos em Exuma. Pequeno, exclusivo e muito charmoso! Cada uma dessas casinhas coloridas é um quarto, que é muito espaçoso. O hotel é rústico e não tem luxo, mas é completo para vivenciarmos dias de paz e amor no paraíso. Costumo dizer que ele é o clássico “a door to heaven” (a porta para o paraíso), pois nossa casinha (e suas vizinhas) se localizam literalmente a dois passos do paraíso...

Pé-na-areia, localizado na Flamingo Bay, uma praia com extensa faixa de areia branquinha (daquelas boas para caminhar!) e mar azul - MARAVILHOSO, no município de Steventon (no norte de Great Exuma), a 25min de carro de George Town e a 15min do aeroporto.
O hotel dispõe de palapas e espreguiçadeiras na praia para os hóspedes. Venta bastante e muita gente pratica kitesurf ali.

Foto Blog Mundo Amor 


Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

O hotel conta com um restaurante (La Fourchette) que serve café da manhã, almoço e jantar (menu internacional/local). O café está incluído na diária, mas é bem básico (pão, manteiga, geléia, sucrilhos, frutas, suco e café). Para opções mais incrementadas, como omeletes, panquecas etc. é preciso pagar a parte (mas é barato, como US$3-5).

Para fazer sua reserva nesse hotel clique aqui

O melhor hotel de Great Exuma, localizado na Emerald Bay. É bem luxuoso, com uma super infraestrutura.

O Grand Isle é a opção ideal para quem tem mais tempo na ilha e vai fazer um roteiro mais relax, curtindo mais o próprio hotel. Também para quem viaja com crianças, pois há muitas opções de atividades para eles - brinquedos disponíveis na Praia, serviço de guarda sol + espreguiçadeiras, stand up, caiaque, boias, além da maravilhosa piscina.
Ele fica no norte de Great Exuma, bem pertinho do Paradise Bay.

Como tivemos problema com nosso vôo e tivemos que embarcar no dia seguinte após o planejado, precisamos trocar de hotel, pois o Paradise Bay já não tinha mais disponibilidade para a noite que ficamos a mais na ilha. Havíamos conhecido o Grand Isle em um jantar magnífico (e chiquérrimo) em um dos restaurantes do complexo ( Eleven ) e havíamos amado a estrutura luxuosa e charmosa do resort. Entramos em contato explicando que estávamos sem hospedagem para a última noite em Exuma e fomos convidados por eles para vivenciar o Grand Isle. Uma honra e privilégio enorme !!!! 
A localização do hotel é um dos únicos pontos da ilha onde se pode admirar o por do sol (em meio a um lago e campo de golfe) e chegamos nesse horário de contemplação... foi incrível !!!
Em seguida fomos acompanhados para conhecer nossa villa e ficamos maravilhados com o bom gosto, decor e conforto. Gostamos TANTO, que nem saímos para jantar... tomamos um longo banho de banheira com nossa pequena (que se encantou tanto com o quarto como nós) e pedimos jantar no quarto, regado a um ótimo vinho rosé, em celebração a essa última noite em família no paraíso !!!
A villa tem sala de jantar, sala de tv, varanda, banheiro super amplo com banheira e máquina de lavar e secar roupa, quarto que dá a sensação de estarmos em um castelo e uma cozinha super equipada - com lava louças, geladeira, forno, cooktop, micro-ondas, diversas opções de copos e taças!! Uma verdadeira sensação de aconchego, de estar em casa !!!

Há também o restaurante Palapa (aberto também para não hóspedes), com vista para a piscina. Lá é servido o café da manhã, que não está incluso na diária. Comemos omeletes deliciosos ali - mas fomos também devorados por pernilongos !!!!

Para fazer sua reserva nesse hotel clique aqui


Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

Outras opções que conhecemos e gostamos:

* The Village 
* Augusta Bay
* Sandals - apenas para adultos - luxuoso 


Para outras opções de acomodação em EXUMA, clique aqui.



  • Os Exuma Cays são essas centenas de ilhotinhas que “saem” de Great Exuma e se estendem para o norte. Muita coisa linda para ver!

Recomendo contratar uma empresa para fazer um passeio de dia inteiro pela região com antecedência- como há poucas opções, você pode chegar lá e não encontrar disponibilidade no dia que desejar :
Four C’s Adventures – Exuma Water Tours [capt.patfourcs@exumawatertours], Sugar Adventure [info@sugaradventure.com], CoastLine Adventures [info@coastlineadventuresexuma.com] e Aquadisiac [aquadisiacadventures@gmail.com].

O tour começa passando rapidamente pelas muitas ilhotas do arquipélago, sentido norte, muitas delas pertencentes a celebridades americanas e milionários estrangeiros... de la a próxima parada é na Pig Beach, a praia onde habitam muitos swimming pigs (porcos nadadores). Eles vão receber cada um dos barcos com turistas que chegam na praia (em busca de comida, claro!). Depois disso a próxima atividade é opcional, você pode nadar com nurse sharks (tubarão-lixa), pagando a parte US$10/pessoa. Basta chegar para ver dezenas de tubarões nadando nas águas cristalinas de Compass Cay. Você ainda pode mergulhar em caverna, ver iguanas, sandbars (bancos de areia)....

Nós não fizemos esse passeio por estarmos com nossa filha. Achamos que seria extenso demais, especialmente por ser um grupo de 20-30 pessoas, em média, por tour.

  • Mas claro que não poderíamos deixar de conhecer os porquinhos. Então, após muitas pesquisas e contatos com empresas que fazem o passeio privativo (já que a outra opção de tour de meio dia não aceitava crianças menores de 5 anos), o proprietário do restaurante La Fourchette (do hotel paradise bay) ligou para o dono do Exuma Point Bar e Grill e ele disse que tinha um barco disponível pra sair as 11h para uma ilha mais próxima e similar a Pig Beach, onde há alguns porquinhos que a habitam. Pagamos US$50 por pessoa (não cobraram nossa filha) e fizemos um passeio de umas 2 horas privativo, que foi inesquecível. Pudemos ficar o tempo que quisemos na ilha, mergulhar no mar de água cristalina... tudo isso sem nenhum outro turista (nem no barco, nem na ilha!). Foi realmente uma experiência INCRÍVEL !!! O paraíso mais exótico do mundo (com porcos, rs) só pra nós. Nossa filha se divertiu muito... acariciou os porcos bebês, deu pão, correu atras dos bichinhos. Foi o auge da viagem pra ela!!!!

Foto Blog Mundo Amor 


Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 


* Nesse mesmo dia meu marido alugou um Jet Sky por US$100 a hora, saindo do mesmo pier de onde saímos com o barco (no restaurante Exuma Point View) e disse que foi um dos melhores passeios que ele fez em toda a vida!!!


Foto Blog Mundo Amor
  • Coco Plum Beach: Fica bem no norte da ilha de Great Exuma, entre os municípios de Rolleville e Steventon. É calminha, rasinha e quase sempre deserta. Há ali alguns balanços dentro do mar, típicos de Maldivas - e a minha sensação foi a de realmente estar em um paraíso tão lindo quanto!!! Que alegria em saber que há um mar assim tão mais perto do Brasil :) Um verdadeiro oásis !!!! Não queríamos mais sair dessa praia... Venta muito ali e o pessoal aproveita para a prática do Kitesurf. Há também bancos de areia na lateral direita da praia e a dica é pesquisar na internet o horário de maré mais baixa (veja esse tide table aqui) e ir nesses horários. Quando estávamos lá a maré baixa foi logo pela manhã e descobrimos que depois dela subir, ela desce novamente... então você tem 2 oportunidades por dia para contemplar essa maravilha !!!! Aproveite para procurar sand dollars!

Foto Blog Mundo Amor 


Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

  • Flamingo Bay: Essa é a praia do hotel em que nos hospedamos, Paradise Bay. É extensa, boa para caminhar. Venta bastante! Para quem não está hospedado no hotel, tem o barzinho Big D’s Conch Spot, onde você pode ficar para curtir a praia! Ela é maravilhosa e o mar tem um azul incrível !!

Foto Blog Mundo Amor 

  • Hoopers Bay (tartarugas): O maior atrativo dessas praias são as tartarugas que podem ser facilmente avistadas. Elas ficam nadando e se alimentando perto dos três cais que estão na ponta da praia. O acesso a Hoopers Bay é um pouco difícil, quase passa batido (acho que as casas dão uma escondida na passagem – uma tentativa de “privatizar” a praia, que é pública). Indo sentido sul, já quase chegando em George Town, você passará por um “shopping” chamado “La Familia Darville”. Aprox. 10min depois você verá a placa “BEACH ACCESS” à esquerda. Estacione e caminhe até a praia.

  • George Town: A cidade é minúscula, não há muitas lojas nem restaurantes, mas vale dar uma voltinha por ali. Quem precisar de mercadinho ou posto de gasolina, ali estão os principais. Mas informe-se sobre o horário de funcionamento... fomos para lá no final do dia para tomar um sorvete e não encontramos NADA ABERTO!!! 

  • Haulover Bay / Rolle Town:Essa é uma praia excelente para você desfrutar de dezenasss de bancos de areia (sandbars). Fica ao lado do restaurante Haulover Bay Bar & Grill), então basta procurar essa sinalização para chegar a esse paraíso. Verique a tábua de marés (que desce 2 vezes ao dia) e relaxe, contemple, admire essa maravilha da natureza!!!

Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

  • Tropic of Cancer Beach - em LITTLE EXUMA : Essa praia, onde passa o Trópico de Câncer, é enorme, tem areia bem branquinha e mar muito turquesa. É daquelas para levar a canga, esticar na areia, e passar horas contemplando ou nadando/boiando no mar (que é bem calminho). Apesar de estar entre as mais conhecidas de Exuma e de ser grandona, é super vazia!!! Quando fomos, só estávamos nós e 1 família que tem casa ali - elas são o máximo! Não dá para acreditar. Vimos tartarugas marinhas nadando no mar... água morninha, deliciosa!!!!

Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

  • Stocking Island: Essa é a ilha que fica em frente a George Town e, junto com a vizinha Elisabeth Island e outras ilhotinhas, formam um paraíso de praias calminhas, bancos de areia e vida marinha. O melhor jeito de explorar é ALUGANDO UM BARCO. Não é preciso licença para fazê-lo e é algo super tranquilo, pois só se navega dentro do harbour, que tem mar bem calmo (protegido pelas ilhas). Assim você tem liberdade para parar na praia que curtir, fazer snorkel onde desejar, ficar o tempo que quiser…


Há sabores próprios (um tempero algo apimentado, leve, muito gostoso!) e vários pratos típicos. O que provar:

  • Conch – caramujo que se come frito, na sopa, em salada e também fresco.
  • Peas ‘n’ rice – arroz com feijão misturado, típico do Caribe.
  • Peixe frito (grouper) – à milanesa, com a pimentinha local fica ainda melhor.
  • Crack chicken - peito de frango a milanesa.
  • Fetuccine alfredo com peito de frango - o molho alfredo de toda a ilha é magnífico !!!!
  • Rum Cake – o rum é muito consumido em drinks no Caribe, mas nas Bahamas tem bolo de rum pra todo lado.
  • Cervejas locais: Kalik & Sands (em especial a Sands PINK) – as cervejas são ótimas (levinhas).

Restaurantes: 

* La Fourchette - Hotel Paradise Bay – Great Exuma
Restaurante do hotel que nos hospedamos, Paradise Bay. O menu é bem variado, mas com foco em especialidades locais e francesas. Ir de dia ou no fim da tarde é mais bonito, para poder sentar na parte aberta e ter a vista do mar.

As opções de pratos no jantar são incríveis e tudo muito delicioso!!!! Ambiente com atmosfera super cool, som ambiente moderno... amamos tanto que jantamos lá 2 noites. É preciso fazer reserva, pois eles recebem não hóspedes e o restaurante à noite costuma estar sempre cheio!!! O proprietário é de Portugal, então a comunicação em português flui super bem :)

Foto Blog Mundo Amor 


* Santanna’s Restaurant – Little Exuma
Almoçamos ali no dia em que fomos conhecer a praia Tropic of Câncer.
Restaurantinho típico, com poucos pratos no menu, que é escrito em um quadro branco (principalmente peixes e frutos do mar). Fica no extremo sul de Little Exuma, com uma baita vista do mar. Ao lado do Santanna’s há uma casinha da “Mom’s Bakery“, de uma senhorinha que faz pães e doces. Boa oportunidade para provar um rum cake ou bread.

Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 

Foto Blog Mundo Amor 


* Palapa Grill - Grand Isle Resort – Great Exuma
É o restaurante principal do Grand Isle Resort (aberto também para não-hóspedes). Ambiente bacana, ao lado da piscina, e pratos gostosos. Há de tudo, especialidades locais e internacionais.


* Eleven - Grand Isle Resort – Great Exuma
É o restaurante principal do Grand Isle Resort (aberto também para não-hóspedes). Uma opção mais requintada, exclusiva e luxuosa para um jantar especial !!!!


* Exuma Point Bar e Grill - Great Exuma (norte da ilha)
Almoçamos lá 2 vezes, uma delas quando fomos conhecer a praia Coco Plum (que é bem pertinho dali) e a outra quando fizemos o passeio de barco privativo, que saiu do píer logo em frente ao restaurante. 
Restante simples com uma vista incrível e um Lounge para relaxar depois do almoço. Tem também um micro parquinho de frente para o mar para crianças e Wi-Fi. Por US$25 por pessoa você pode comer e vontade as comidas típicas bahamenses - e MUITO saborosas!



Reserve seus hotéis, aluguel de carros e contrate seguro viagem pelos links e banner do blog mundo amor. Você não paga NADA a mais por isso e nos ajuda com uma pequena comissão a manter o blog repleto de dicas de viagens :)

Gostou da nossa experiência nesse hotel ? Faça sua reserva diretamente pelo nosso link, através do booking, clicando aqui.   

Para seguro viagem, clique aqui.


Com carinho, 

Bárbara