Camboja

novembro 04, 2017 Blog Mundo Amor 0 Comments





A Camboja é um país simplesmente encantador!!! Um destino repleto de sorrisos, amor, que traz muitos (e os mais valiosos) ensinamentos.

Dentre todas as maravilhas que visitei durante essa viagem à Ásia, foram os cambojanos que tocaram de verdade o meu coração !!!! Visitar esse país que sofreu por muitos anos guerras, combates... Que vive com pouquíssimo (menos do que consideramos no Brasil o mínimo) e ainda assim, são donos dos sorrisos mais lindos e sinceros que eu já vi !!!

Achei que iria a Camboja para de alguma forma levar amor e ajudar essas crianças, mas percebi que fui eu quem aprendi muito e fui a pessoa ajudada. Os valores que eles demonstram em cada atitude cotidiana enriqueceu minha vida para sempre.

"A felicidade está nos olhos de quem vê e na simplicidade"

Gratidão, Camboja!!! Eu AMO vocês!!!




“O PASSADO DE CONFLITOS FICOU PARA TRÁS. ESTE PAÍS FIGURA, AGORA, COMO UM DESTINO NO SUDESTE ASIÁTICO, QUE OFERECE PAISAGENS NATURAIS ESTONTEANTES, RUÍNAS MILENARES E UM POVO QUE NÃO ECONOMIZA NOS SORRISOS.” – BE HAPPY VIAGENS

Situado entre Laos, Tailândia e Vietnam, o Camboja é um país pequeno, mas dono de uma história extensa e claramente denunciada em seus principais cartões-postais: Angkor Wat e Bayon, dois dos mais instigantes templos existentes em todo o território asiático.
Localizados em Angkor, a noroeste do país e próximos da cidade Siem Reap, eles trazem “estampadas”, em paredes e pedras, referências do Império Khmer, que dominou a região entre os séculos IX e XV.
Apesar de Siem Reap ser a cidade mais popular entre os turistas (com razão!!), a capital do país é Phnon Penh.

O idioma oficial é o Khmer. Aparentemente, para nós, leigos, o khmer é bem parecido com o tailandês. Mas basta um dia no país para ver que são bem diferentes, tanto na fala como na escrita. Há mais gente falando inglês no Camboja do que na Tailândia!!

A população do país é de aproximadamente 15 milhões de habitantes, e 95% dela é de religião budista.
Siem Reap é a cidade-base para explorar o Complexo de Angkor, que foi a capital do Império Khmer entre os séculos 9 e 13. Uma cidade divertida, com um certo charme, cortada por um rio, cheia de restaurantes, bares e hotéis bonitos, e a apenas 7km dos templos. Angkor é um parque arqueológico com 400km2 e centenas de templos e ruínas absurdamente incríveis.


Foto Mundo Amor Camboja


Não existem vôos diretos para o Camboja saindo do Brasil. O mais comum é associar esse país incrível a outro tão atraente para os brasileiros, Tailândia.
Foi o que fizemos !!!!
Há vôos diários entre os dois países e a duração média é de 1 hora.



Apesar de também ser afetado pelas monções, no Camboja elas chegam bem mais leve, geralmente com uma chuva forte que acaba após algumas horas. Para quem não quer correr risco, evite de maio a outubro, principalmente os meses de julho, agosto e setembro, que são mais úmidos.
O Camboja é quente e úmido o ano inteiro. De junho a outubro, as monções causam fortes chuvas, por isso, não é indicado viajar nesse período.



FUSO HORÁRIO:
Dez horas a mais em relação ao horário de Brasília.
VISTO:
Brasileiros precisam de visto e podem obtê-lo na chegada ao país.
VACINAÇÃO:
Exige-se a vacina contra febre
amarela (aplicada, no mínimo,10 dias antes da viagem), acompanhada do Certificado Internacionalde vacinação.
LÍNGUA:
O cambojano é o idioma oficial.
MOEDA:
Riel
SAIBA QUE:
Feita em voo charter, a rota de Siem Reap para Sihanoukville (ou vice-versa) opera somente às segundas, quartas e sextas-feiras. Kampong Phluck, um vilarejo próximo a Siem Riep, só pode ser visitado de junho a março, pois, durante a seca, o nível do lago fica baixo. Alternativas são oferecidas, como visita a Chong Kneas.


Nos hospedamos por 3 noites no LANDING GOLD VILLA em Siem Reap. A magia já acontece no momento do check in, quando pessoas extremamente simpáticas nos recebem com os mais sinceros e lindos sorrisos no rosto !!!!
Quarto decorado com velas, flores e champagne por estarmos comemorando 2 anos de casados !!!!
Massagem para nós dois na própria suíte também fez parte do pacote de “boas vindas”.
O hotel fica um pouco distante do centro de Siem Reap, mas tudo o que proporciona vale a distância.
Uma piscina deliciosa bem em frente ao quarto e comidas de dar água na boca e vontade de repetir a cada refeição.
Amamos e recomendamos !!!!!!!!


VISTO e ENTRADA para os TEMPLOS:

🇰🇭 VISTO:  Todos precisam de visto para entrar no Camboja.

Mas para tirá-lo, é absurdamente fácil e moderno!! Todo o processo é feito on-line, por meio do site do e-Visa ou pelo aplicativo para smartphone (iOS ou Android). Você envia as informações e a foto 5x7, preferencialmente sem sorrir, paga com cartão de crédito (30USD + 7USD de taxa de processamento) e, se aprovado, seu visto chegará por e-mail em até 3 dias úteis. Aí é só imprimir o arquivo (que possui um código de barras) e apresentar na imigração no momento da chegada. Claro que muito mais cômodo caso você consiga fazer antes de embarcar para o país!!!
Porém, também é possível chegar sem visto e fazê-lo na hora. Basta levar a foto 5x7 (ou tirar lá na hora, mas não sei sobre fila e valor a pagar) e os dólares para pagar em espécie (us$30).

🇰🇭 Acesso aos templos:

Para explorar os templos de Angkor, você precisa comprar um único ingresso (e andar com ele tipo “crachá”) e assim explorar quantos templos quiser e aguentar. O ingresso de 1 dia (one-day pass) custa US$20 e o de 3 dias (three-day pass) custa US$40. Ou seja, se você vai usá-lo por dois dias, melhor já comprar o de 3 e ficar com um dia “sobrando” caso dê vontade de dar uma passadinha em mais um templo de Angkor!




➜ ANGKOR
Sede do Império Khmer, a região foi abandonada após seu declínio e, então, “engolida” pelas florestas e terras agrícolas do país. Somente no século XIX renasceu, ao ser redescoberta pelos arqueólogos. Consideradas Patrimônio Mundial pela UNESCO, as mais de mil ruínas encontradas trouxeram à tona templos como o Bayon, que tem enormes torres decoradas com sorridentes rostos desenhados na pedra, e o Angkor Wat, o mais famoso do Camboja e que se tornou o símbolo e a principal atração turística do país. Tanto que seu desenho está estampado, inclusive, na bandeira nacional. Menos conhecidos, mas nem por isso irrelevantes, outros templos que merecem uma visita são o Ta Phrom, o Phnom Bakend, o Pre Rup, além do Baphoun e do Preah Khan.

  ANGKOR WAT - O maior templo religioso do mundo!!!!

Dia de pular da cama!!! Chegue no templo cedo (fomos às 5h da manhã), pegue um lugar estratégico (provavelmente você terá que lutar contra um exército de turistas) e veja o sol nascendo por detrás das torres. Lindo, lindo! Confirme o melhor horário para chegar, pois acredito que mude conforme a estação.

O Angkor Wat é a maior construção religiosa do mundo, e foi construído no século XII como mausoléu para o rei Suryavarman II e como templo hinduísta – uma homenagem ao deus Vishnu. É o símbolo e o orgulho nacional, está até mesmo estampado na bandeira do país. Hoje é um templo budista. Magníficoooo!!!!


Foto Mundo Amor Camboja

Foto Mundo Amor Camboja

Foto Mundo Amor Camboja

Foto Mundo Amor Camboja


  Depois de visitar o templo Angkor Wat fomos ao próximo, super pertinho: BAYON

Um dos templos que mais me impressionou. São 54 torres em estilo gótico decoradas com 216 faces gigantes sorridentes. E apesar de parecidas, NENHUMA face tem a mesma expressão! Está localizado no centro do complexo do Angkor Thom.

É um dos templos cambojanos que aparecem no filme estrelado por Angelina Jolie, Lara Croft: Tomb Raider.


Foto Mundo Amor Camboja

Foto Mundo Amor Camboja

Foto Mundo Amor Camboja


Foto Mundo Amor Camboja

 Ta Prohm

Este templo é diferente de absolutamente todos os outros. É o templo que foi “engolido” pela natureza. Na verdade, foi o templo escolhido pela equipe de restauradores franceses para servir de demonstração de como estavam TODOS os templos de Angkor, quando foram descobertos pelos ocidentais no final do Século XIX. Mostra o poder da natureza sobre o homem e suas construções.

Construído a partir de 1186, Ta Prohm (ou Rajavihara, seu nome original) foi um templo budista dedicado à mãe do Rei Jayavarman VII.

Este templo ficou bem conhecido ao aparecer no filme Lara Croft: Tomb Raider, com Angelina Jolie.
Amamos !!!!

Foto Mundo Amor Camboja

Foto Mundo Amor Camboja

Foto Mundo Amor Camboja


  Passeio de quadriciclo pela zona rural:

Adoro ir a lugares assim e fugir um pouco do óbvio, de onde estão os turistas, e ver mais a fundo a “vida real”. Este quad bike tour é possível fazer alugando os ATVs diretamente com as empresas: Ride Expeditions ou Quad Adventure.

O passeio dura de 2 a 4 horas (você escolhe) e passa por vários vilarejos ao redor de Siem Reap.

É incrível ver as pessoas vivendo o seu dia a dia em casas muuuuuito simples, mas com muito amor e sorriso no rosto, como todos os lugares da Camboja!!! As crianças vem correndo até a gente para treinar o inglês, para nos ver e admirar, para acenar... É impressionante como esse contato tocou meu coração !!! Nunca vou me esquecer desses olhares e do quanto é importante darmos valor e sermos gratos a cada segundo do nosso dia, da nossa saúde, lar, trabalho, oportunidades, família, amigos!!!

Seguimos a dica da querida Lala (blog Lala Rebelo) e levamos bastante (umas 200!!!) balinhas e distribuímos para as crianças que vimos ao longo do caminho. Elas ficaram MUITO felizes!!! Uma experiência única, mágica e cheia de sentido!!! Obrigada Lala por tornar nossa viagem muito mais completa, repleta de ótimas indicações!! Sou sua fã
OBS: É muito importante fazer a atividade com um guia local, que vai na frente indicando o caminho (não se esqueça das minas terrestres… é um perigo real). 

Foto Mundo Amor Camboja

Foto Mundo Amor Camboja



  CONCERTO BEATOCELLO

Um pouco de música e MUITO amor
Participe de um FANTÁSTICO concerto, cheio de sentidos e amor. Um evento que arrecada dinheiro de forma honesta, clara e com propósitos reais para os cambojanos.

Acontece no Hospital Infantil Kanta Bopha. Todas as quintas e sábados às 19h15, o Dr. Beat Richner faz um concerto de violoncelo para arrecadar dinheiro para o hospital. Entre uma música e outra ele nos conta a história do hospital e também do Camboja. Esse pediatra suíço é um exemplo de amor ao próximo e perseverança. Em 1974 ele foi para Phnom Penh através da Cruz Vermelha trabalhar no Hospital Kanta Bopha. Ele estava lá quando o Khmer Vermelho chegou ao poder e fechou todos os hospitais, tendo sido então obrigado a retornar à Suíça. Em 1991 ele voltou ao Camboja e, com o apoio do falecido rei Norodom Sihanouk, reabriu o hospital. Hoje já são 5 hospitais em Phnom Penh e Siem Reap, incluindo uma maternidade. Todo o atendimento é gratuito. Mais de 80% do atendimento pediátrico no país é feito nos hospitais Kanta Bopha, mas ele praticamente não recebe ajuda do atual governo. Quase toda a verba dos hospitais vem de doações e é por isso que o Dr. Beat Richner realiza seus concertos. O evento é gratuito, mas duvido que alguém consiga sair de lá sem emocionar e sem deixar uma doação. Mas não se preocupe, ninguém é coagido a doar e o valor não importa.

Os números:

– Na Província de Siem Reap, 1/4 da população sobrevive com menos de 50 centavos de dólar por dia;
– No Camboja, mais de 40.000 crianças morrem por ano, em sua maioria, de causas que poderiam ser prevenidas;
– 80% das crianças cambojanas vivem em áreas rurais e apenas 18% delas vão à escola;
– 40% das crianças do país são desnutridas.
E por causa disso, muitos turistas vão a orfanatos oferecer ajuda. Consequentemente, há gente querendo lucrar com essa situação tão lamentável, criando orfanatos de fachada ou explorando crianças ao máximo para atrair dinheiro aos dirigentes das casas. Crianças não podem ser atrações turísticas. Antes de ajudar, informe-se. Doe para organizações com alguma referência.

E pense duas vezes antes de comprar qualquer coisa para crianças ou adultos pobres na rua. Um truque comum é ver mães com crianças de colo pedindo leite. Você vai até o local comprar, e acaba comprando por um preço mais alto que a média. Depois que você sai, a “mãe” e o funcionário do local dividem o lucro. Pode ser verdade, pode não ser. Aguente firme!! Ajude apenas se tiver certeza de que você está fazendo o bem, e não aumentando o mal.

Participar do concerto é uma ótima opção!

Explicação perfeita do blog Viaggiando, que me passou a informação desse evento magnífico!!! Estava procurando algo em que realmente pudesse ajudar e contribuir para as pessoas na Camboja e participar do concerto foi realmente a melhor opção!!!! Fica o convite a todos!!!
Obrigada blog Viaggiando!!!

Dr. Beat, sou sua fã e profetizo que sua vida seja abundante, repleta de saúde, para que continue a se doar com tanto amor e respeito à esse povo maravilhoso, que deposita a saúde em suas mãos!!


EXPERIÊNCIAS QUE FAZEM A DIFERENÇA
Os Templos de Angkor merecem ser observados também “de cima”, por meio de um sobrevoo de helicóptero. O passeio dura, aproximadamente, 20 minutos e fica ainda mais interessante se for realizado antes da visita ao Lago Tonlé Sap. O turista obtém um outro olhar sobre o Camboja!
Para os mais dispostos e aventureiros, a sugestão é fazer um romântico passeio de bicicleta pelos templos. É uma forma inusitada de conhecer Angkor e seus santuários.



A comida do Camboja – a tradicional culinária Khmer é deliciosaaaaa, muito parecida com a tailandesa, só que bem menos apimentada. Também são usadas muitas ervas comuns no Vietnã. As sopas estão presentes em quase todas as refeições.


Foto Mundo Amor

Alguns pratos/ingredientes pra experimentar:

* Char kreung – uma pasta apimentada, feita com capim-limão, geralmente usada no preparo de carnes ou frango. Aliás o lemongrass (capim-limão) está fortemente presente na culinária Khmer. Outro ingrediente que se encontra em muitos pratos é o gengibre.
* Fish amok – um curry suave de peixe, cozido no coco, adquirindo uma textura de soufflé.
* Carnes exóticas (bife de cobra e mais!!) – muito comum no Cambodia é o “churrasco” de mesa, ou BBQ cambojano (phnom pleung), uma espécie de churrasqueirinha/grill na qual você mesmo frita diferentes tipos de carne. Algumas dessas carnes estranhas são: cobra, crocodilo, tubarão, canguru, avestruz etc.
* Angkor beer – a tradicional cerveja do país


A Pub Street (e seus arredores Alley, Sivutha Road) são ótimos para passear e escolher o local que mais agrada para se alimentar. Há muitos restaurantes, barzinhos.. O ambiente é super seguro e delicioso !!!


Pub Street

       O temple Club é demais: bar, restaurante, lounge com música ao vivo e balada ao mesmo tempo!!! Separados por 3 andares. Nos amamos tanto, que fomos 2 dias. Aberto também para café da manhã. Um local completo e lindo!

Restaurante Temple Club: Frango ao molho khmer, peixe com curry e leite de coco, bolinhas de frango, arroz, salada... + seringas de vodka com energético + corona com um mix de bebidas = delíciaaa!!!



Reserve seus hotéis, aluguel de carros e contrate seguro viagem pelos links e banner do blog mundo amor. Você não paga NADA a mais por isso e nos ajuda com uma pequena comissão a manter o blog repleto de dicas de viagens :)

Gostou da nossa experiência nesse hotel ? Faça sua reserva através do booking, clicando aqui.

Para outras opções de acomodação em Siem Reap, na Camboja, clique aqui.

Para aluguel de carro, clique aqui. 


Para seguro viagem, clique aqui.
Com carinho, 
Bárbara



NOSSO ROTEIRO PELA ÁSIA 


Briefing Ásia clique aqui

Briefing Tailândia - clique aqui 

BANGKOK (TAILÂNDIA) – 3 NOITES – MUSE BOUTIQUE HOTEL  clique aqui

CHIANGMAI (TAILÂNDIA) – 4 NOITES – clique aqui 

APROVEITARMOS O FESTIVAL DA LANTERNA - NARITTAYA RESORT AND SPA – clique aqui
SIEM REAP (CAMBOJA) – 3 NOITES - LANDING GOLD VILLA
- clique aqui
Briefing Praias Tailândia - clique aqui

KRABI (TAILÂNDIA) – 3 NOITES - AMARI VOGUE RESORT – clique aqui

PHI PHI ISLAND (TAILÂNDIA) – 4 NOITES - ZEAVOLA RESORT – clique aqui