Casa de Uco * Mendoza, Argentina

novembro 10, 2018 Blog Mundo Amor 0 Comments




Programando a próxima viagem? Que tal América do Sul? Explorar novas paisagens, degustar vinhos exclusivos e deliciosos sabores, entrar em contato com uma cultura internacional ??? Se hospedar em hotéis vinícolas, aos pés da Cordilheira dos Andes??? Tudo isso é possível na cidade de Mendoza, na Argentina. Acompanhe nossa postagem e prepare-se para se apaixonar, assim como nós!!! Sirva-se de uma taça de vinho e boa viagem!!!


Foto Blog Mundo Amor

Estivemos em Mendoza em Maio de 2018 por quatro dias. Por ser uma cidade muito conhecida pelas visitas em bodegas de vinhos, optamos em ir já com o clima mais fresco, outono. A temperatura na semana que ficamos estava variando de 10 a 20 graus celsius, aquele friozinho ideal para nos deliciarmos o tempo todo com diferentes tipos de vinhos, diretamente de suas vinícolas.          

Pegamos um voo da Gol direto de Gaurulhos para Mendoza, duração de 3 horas e 50 minutos. A aeronave não tinha televisão,  portanto recomendamos levar um livro, ou baixar um filme ou série do Netflix no seu celular ou Ipad...
Outra opção é comprar o acesso ao wifi por R$20,00 durante o voo todo ou R$15,00 por 1 hora.


> Ao final do post, veja nosso roteiro completo com todas as nossas experiências !!!


·      Nosso Roteiro:

·      Dia 1 – Região Maipú 
Chegamos na quinta feira as 15h em Mendoza
16h tour bodega família Zuccardi – região Maipu – tour com degustação privada
18h Spa Hamam Entre Cielos – circuito completo (saunas úmidas e esfoliações corporais)

·      Dia 2 - Região de Luján de Cuyo
9:30 Luigi bosca – degustação privativa e premium 
12:00 Norton – tour com degustação vinhos premium + experiência enólogo por um dia + almoço a la carte

Degustação vinhos premium 250 pesos argentinos por pessoa
Experiência Enólogo por um dia - fazer próprio vinho
550 pesos argentinos por pessoa


15:30 Chandon – degustação premium de espumantes 

·      Dia 3 - Região Valle de Uco

9:00 Casa de uco – tour com degustação premium
10:30 andeluna – tour privado com degustação + almoço 
15:00 salentein - tour privado com degustação

degustação de 2 Salentein Reserva + 1 Númina + 1 Primus (vinho ícone da Bodega) e acesso a Galeria de arte. Horários de visita as 12h ou 15:30.

20:00 jantar Siete Fuegos no hotel The Vines Resort e Spa

·      Dia 4 - Região Maipú 

12:00 almoço com harmonização na Trapiche 
14:00 – ida ao aeroporto de Mendoza – vôo de volta para o Brasil



Mendoza é a capital e a maior cidade da província de Mendoza, na Argentina. Localiza-se no oeste do país, nas bordas dos Andes e é um importante polo de produção de vinho e azeite. A cidade de Mendoza é a quarta cidade da Argentina em quantidade de habitantes no conjunto urbano, possui cerca de 1 milhão de habitantes na Grande Mendoza e pouco mais de 100 mil na cidade.

Mendoza possui centenas de vinícolas em regiões próximas sendo uma das maiores áreas dedicadas ao vinho da Argentina e a maior produtora. São 5 as regiões produtoras dentro da provincia de Mendoza e a algumas horas da cidade, são elas: Lujan de Cuyo, Uco Valley, partes de Lavalle e Las Heras, partes de San Martin e Rivadavia e San Rafael e General Alvear.

Ao longo de 100 km de estrada, há mais de 1200 bodegas (mais de 100 abertas a visitação). 

Foto Blog Mundo Amor


Pegamos um voo da Gol direto de Guarulhos para Mendoza, duração de 3 horas e 50 minutos. Aeronave sem televisão. Portanto sugerimos levar um livro, ou abaixar um filme ou série do Netflix no seu celular ou Ipad para passar o tempo...
Outra opção é comprar o acesso ao wifi no vôo por R$20,00 durante o voo todo ou R$15,00 reais por 1 hora.

COMPANHIA GOL: Os vôos da Gol direto entre São Paulo e Mendoza são operados às quintas e domingos.
Os vôos partem de São Paulo às 10:50h e chegam a Mendoza às 14h55. Na volta, o avião decola de Mendoza às 15h35 e chega em São Paulo às 18h55.
Sempre lembrando que um benefício extra nesta rota -- e que ninguém fala -- é que fica mais fácil emitir e fazer a dobradinha óbvia Mendoza + Santiago sem precisar passar por Buenos Aires. Compre (ou emita com milhas) a ida a Brasil-Mendoza e a volta Santiago-Brasil (ou o contrário). Entre as duas cidades, vá de ônibus, com os Andes passando na sua janela.

COMPANHIA LATAM:

A partir de 25 de março de 2018, A Latam passou a disponibilizar o voo JJ8140, que decola de São Paulo/Guarulhos às 7h25min de terças-feiras, sextas-feiras e domingos, e pousa em Mendoza às 11h35min, em uma viagem com 4 horas e 10 minutos de duração. O percurso inverso é realizado pelo voo JJ8141, que decola de Mendoza às 16h48min de terças-feiras, sextas-feiras e domingos, e pousa em São Paulo/Guarulhos às 20h30min, em uma viagem de 3 horas e 42 minutos de duração.



Mendoza possui um clima árido e continental. As temperaturas apresentam uma grande oscilação anual e as precipitações são escassas.
O verão é quente e úmido, com temperatura média girando em torno de 25 ° C, e é a época mais chuvosa do ano.
O outono (Março a Junho) é morno e sereno com garoas e a vegetação ganha tons ocres, amarronzados e dourados. 

Foto Blog Mundo Amor
Foto Blog Mundo Amor

O inverno (julho a setembro) é frio e seco, com temperatura média abaixo dos 10°C, geadas noturnas ocasionais e escassas precipitações. Na Alta Montanha as nevadas podem chegar aos 600 mm.
É possível pegar -5oC no começo de junho.

A ocorrência de neve e chuva com neve não são raras e ocorrem geralmente, uma ou duas vezes por ano, embora com pouca intensidade nas zonas mais baixas da cidade.

Foto Google



·         Assim que fechar sua viagem à Mendoza, pesquise e escolha as bodegas que quer visitar. O agendamento prévio deve ser feito com a maior antecedência possível, pois há muita procura pelas principais vinícolas da região e na grande maioria delas, não é possível a visitação nem mesmo para compra de vinhos, sem agendamento marcado. Há seguranças na entrada de todas elas com lista em mãos para verificação.

·         Se você tiver poucos dias na cidade, procure se hospedar na região que mais se interessa pelas vinícolas, para que a viagem não se torne cansativa e para que consiga agendar até 3 visitas a bodegas distintas no mesmo dia.

       Agende pelo menos 2 bodegas para que consiga explorar bastante e conhecer as maravilhas e exclusividades de cada vinícola.

·        Escolha a paisagem que quer ver para, então, programar a data da sua viagem: a colheita das uvas acontece geralmente entre fevereiro e abril. Ou seja, se for depois desse período, irá ver as parreiras sem uvas. Mas se seu desejo é ver a Cordilheira dos Andes coberta de neve, agende sua viagem no auge do inverno (julho a setembro).

·       O ideal é dividir os passeios por regiões, que são 3 principais: Luján de Cuyo, Maipu e Vale do Uco.

·       *  Escolha entre contratar motorista ou alugar um carro:
  
Todos os nossos traslados, incluindo pick up nos hotéis e aeroporto, sairiam por 700 dólares (não incluía entradas, bebidas e alimentação). As distâncias a serem percorridas não são curtas, as estradas não são muito bem sinalizadas, mas mesmo assim optamos por alugar um carro e fazer todos os trajetos por conta própria, com privacidade e desfrutando esses momentos com nossos amigos (estávamos em 2 casais). Escolhemos um carro com bom porta malas e confortável e o período todo ficou por R$800,00 (rodamos 700 km em apenas 4 dias de viagem).

 *  Para comprar azeites, vinhos e doce leite, entre outros produtos locais, visite a loja no centro de Mendoza, a Sol y Vino. Clique aqui  
A loja também vende caixas especiais para levar as garrafas de vinho no avião!! Lembre – se de checar o limite de bagagem e o custo de malas extras.
É permitido levar até 16 garrafas de vinho por pessoa para casa. 


·      Nossas bodegas favoritas por região:

·      região Luján de Cuyo 🍁

Achaval Ferrer
Chandon
Catena Zapata
Luigi Bosca
Domínio del plata
Pulenta estate
Norton
Ruca Malen
Septima
Belasco - sala dos aromas
Tapiz
Terraza de Los Andes

·       Vale do Uco 🍁

Bodega salentein
O. Fournier
Andeluna
Atamisque
Azul

·        Maipú 🍁

CarinaE
Família Zuccardi
Trapiche




Centro ou bodega? Vai depender do que você espera de Mendoza. O que podemos garantir é que a cidade oferece excelentes opções de hospedagem, e para todos os bolsos. Que tal ficar nos dois tipos e curtir as duas experiências?
Ir a Mendoza e não sonhar com um chalé aos pés da Cordilheira dos Andes, com vista para os vinhedos, é quase impossível. E esse tipo de hospedagem é real! Se você sonhou com esse cenário e espera acordar comendo uvas do pé, sinta-se realizado. Mas como todo sonho tem um preço, podemos dizer que este tem um bem alto.
Algumas bodegas oferecem hospedagens românticas - rústicas ou luxuosas - com todos os mimos que você merece. É realmente sensacional! Então, qual é a dúvida? Hospedar-se nas bodegas custa bem mais e elas ficam muito afastadas da cidade. Se a ideia é curtir o lado campestre de Mendoza, esta é a sua melhor opção; porém se você gosta de viver a cidade, pretende conhecer a vida noturna, os cassinos, as dezenas de restaurantes e bares e ainda ter acesso fácil às agências de turismo, que tal hospedar-se na áerea urbana de Mendoza?

* Como tínhamos apenas 4 dias em Mendoza e os nossos sonhos eram de mergulhar nas bodegas e seus vinhedos, optamos pela experiência de nos hospedarmos aos pés dos Andes, no hotel vinícola, magnífico Casa de Uco  Vineyards & Wine Resort, na região de Valle de uco, onde o slogan é Desfrutar da mudança das cores na montanha, do vinhedo e do céu ao longo do dia. Deixar-se hipnotizar pelos quadros que a natureza presenteia”. 


A experiência foi maravilhosa. Pudemos realmente relaxar, apreciar a natureza, admirar as paisagens, desfrutar de um atendimento ímpar e degustar vinhos e pratos dignos de chef !!!!Um convite para viver o momento em todos os seus sentidos. O hotel tem seus vinhedos privados e sua própria bodega – e disponibiliza aos hóspedes visita e degustação de vinhos premium sem custo extra. (Clique aqui para fazer sua reserva)
Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

► Clique aqui para pesquisar outras opções de hospedagem em Mendoza e seus arredores. 


Além de explorar o universo dos vinhos, há opções de esporte para se fazer em Mendoza:

A cidade recebe a maioria dos montanhistas em busca de aventura na maior montanha das Américas. Com 6942m de altitude, o Aconcágua domina a paisagem da região e promove o turismo e movimenta o comércio da cidade. 

Relaxar, admirar paisagens incríveis, desfrutar os menus de passos (de 3 a 6 passos) com tradicionais pratos argentinos harmonizados com vinhos diretamente das vinícolas mais renomadas da Argentina.

Tocar nos Andes :) estávamos há 9 km (do nosso hotel) da cordilheira e fomos até ela... escalamos, tocamos e admiramos dali um por do sol incrível. Experiência inesquecível !!!

Mendoza também é uma oportunidade para praticar esportes de aventura. Trilhas, escaladas em gelo,rafting, voos de parapente... tudo com a proteção do "sentinela de pedra", Aconcágua, o ponto mais alto das Américas.





A expectativa em torno da comida argentina é sempre das melhores; excelentes cortes de carnes, aliados a vinhos de qualidade... não poderia dar errado. E nesse quesito Mendonza é imbatível! Os restaurantes atendem os paladares mais exigentes. É hora de fazer aquele tão sonhado turismo gastronômico, a preços bem mais em conta do que no Brasil.
Esqueça a economia em comida! Mendoza não é lugar para viver de empanadas e chorizo. Que tal investir uma parte da verba em menus degustação inesquecíveis? Ou um almoço com vista para a Cordilheira dos Andes e os vinhedos? E aquele jantar harmonizado com os melhores vinhos da casa? Não faltarão opções para tornar a sua estada na cidade deliciosa.
Para o almoço, nada como um dos restaurantes das dezenas de bodegas. Vale organizar o dia para estar na hora da fome em uma das vinícolas que têm restaurante. A maioria apresenta um menu degustação fixo, de 3 a 8 pratos, sempre harmonizados com os vinhos da casa. Prepare-se para comer muito! Os menus são bem servidos e, ao final, talvez não reste espaço para a sobremesa. Não se esqueça de fazer a reserva com antecedência e de chegar na hora marcada. Muitas bodegas oferecem pacote com tour pela propriedade e almoço. Se preferir algo mais leve, algumas dispõem de lanches rápidos e até de piqueniques ao ar livre. Uma delícia! No verão, muitas bodegas fazem refeições especiais, como parrilladas, ao ar livre e em meio às uvas. 
O jantar é um ótimo momento para curtir o centro de Mendoza. Os restaurantes da cidade não deixam em nada a desejar quanto aos das bodegas. Os menus são mais extensos e você terá mais liberdade para escolher a refeição. Aqui vale uma dica: os moradores costumam sair de casa depois das 22h; antes desse horário, os restaurantes estarão um pouco vazios. Se você não tiver reservas, tente ir mais cedo. Vale lembrar que, em Mendoza, é sempre bom ter a reserva antecipada.
Assados – as carnes  e as parrillas são um clássico argentino. E estão presentes com toda a força em Mendoza. Não deixe de provar as verduras assadas na parrilla, são o grande diferencial do churrasco argentino. E ainda: chimichurri (molho que acompanha a parrilla), as saladas sempre divinas e muito bem temperadas,a molleja (timo do boi) e as salsichas parrilleras.
Empanadas – outro clássico da cozinha local. Uma espécie de pastel assado no forno, mas em várias versões de recheio com carne, azeitonas, ovos e até passas. Em muitas parrillas em Mendoza, as empanadas são servidas como entrada.

Doces em compota
Um dos doces mais típicos de Mendoza são as compotas, como marmeladas, geleias e outras frutas cristalizadas (algumas estranhas como a alcayota, fruta típica da região). Os mendocinos comem os doces de compota com queijos.

Doce de leite
doce de leite, assim como em toda a Argentina, também é outro doce marcante. A grande dica é provar o doce de leite e os alfajores da marca local e artesanal de Mendoza: Entre Dos. É possível comprar o doce de leite em vários estabalecimentos como o da loja de vinhos no centro da cidade, a Sol y Vino.

Azeite
A produção artesanal de azeites em Mendoza está crescendo. Muitas bodegas já produzem também o seu próprio azeite (como Zuccardi e Achaval Ferrer). Há inclusive ponto turístico para degustação de azeites aromatizados, Olivícola Pasrai.

Malbec
É o ícone da região e não pode faltar para harmonizar com os pratos e restaurantes que você vai provar. Mas a dica é se deliciar também outros da região como Bonarda, Cabernet Sauvignon, Syrah e Tempranillo.

Prove ainda: os embutidos, os queijos e o flan con dulce de leche.

Fonte: Blog Melhores Destinos

* ONDE COMER EM MENDOZA:

VINÍCOLAS:

Abaixo relação do que experimentamos e recomendamos:

1. Andeluna

Na Bodega Andeluna, tanto o visual como o aconchego e decoração são tão interessantes como a saborosíssima comida. O astral da vinícola é incrível. Os ingredientes são em grande parte orgânicos. O menu harmonizado pode ser servido de 6 ou 3 passos.
De quebra tem o destaque desse visual da Cordilheira no Valle de Uco. 
(Clique aqui para acessar o site)

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

2. Trapiche

Fomos convidadas a almoçar no Restaurante dentro da Bodega Trapiche no nosso último dia antes de partir.
Ficamos extremamente encantadas com a beleza do lugar, o excelente atendimento de todos, principalmente da Sommelier Soledad, que nos explicava exatamente o vinho que harmonizava com cada prato (com cada “passo”) com muito carinho, atenção, conhecimento e amor pelo que faz. Altíssima qualidade na comida, nos vinhos, azeite e pães de vinho (cabernet sauvignon) também produzidos por eles.   (Clique aqui para acessar o site)

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor
                        
3. Norton
Restaurante La Vid oferece opções de menu a la carte (o que escolhemos) e também menu de passos.
Tudo o que experimentamos estava maravilhoso e o ambiente é bastante agradável.

* Abaixo relação de indicações que não tivemos tempo de conhecer:

1. Casa El Enemigo

Bodega e casa de Alejandro Vigil, enólogo da Catena Zapata e considerado o atual Messi dos vinhos na Argentina. Alejandro foi eleito uns dos 30 melhores enólogos do mundo pela revista Decanter. É uma experiência im-per-dí-vel, tanto pela degustação dos vinhos (que são mais do que divinos) como também pela cozinha exemplar do chef Santiago Maestri que serve um menu em quatro passos: com couvert, entrada, prato principal e sobremesa. Não é por menos que é o número 1 em restaurantes para comer em Mendoza na avaliação dos internautas no TripAdvisor.
(Clique aqui para acessar o site!)


2. Susana Balbo Wines (Dominio del Plata)

Susana Balbo é a grande personalidade feminina do vinho argentino. Seus vinhos tem um frescor maravilhoso. A vinícola oferece um restaurante (Osadía de Crear) e um espaço gourmet especial para grupos (Espacio Crios) entre o jardim e os vinhedos da vinícola.  No restaurante é oferecido um menu da cozinha tradicional e mediterrânea.
O ambiente da bodega é lindo demais e quem recebe os comensais é a filha de Susana Balbo.

3. Bodega La Azul

A La Azul é outra bodega da região do Valle de Uco. Uma bodega-boutique, pequena e familiar, toda charmosinha e rústica. O restaurante tem um ar jovem e despojado, com cores vibrantes nos objetos contrastando com o azul e branco que impera no ambiente e na paisagem aos pés do imponente Cordón del Plata.  A cozinha impressiona, foi um almoço harmonizado tão especial quanto o que tivemos na El Enemigo.
O menu em 5 passos é fantástico e os vinhos, idem. Após a refeição o proprietário e enólogo da casa, Ezequiel,  faz um breve tour pela propriedade e pelas barricas da La Azul. O cultivo de uvas e a produção de vinhos da família é uma tradição há mais de 70 anos.
Dica: a La Azul fica bem próxima da vinícola Salentein.
-Bodega Zuccardi – um dos almoços que já foi um dos mais populares de Mendoza na região de Maipú. O restaurante tem decoração rústica-chique. 

-Bodega Largarde  (Lujan de Cuyo) – oferece menu de 3 a 6 passos, muito elogiada por quem fez. 
(Clique aqui para acessar o site)


·       Nosso roteiro detalhado:

Dia 1 – Região Maipú

Chegamos em Mendoza por volta das 15 horas, alugamos um carro diretamente no aeroporto pela Localiza e visitamos a primeira Bodega, que já estava agendada há 2 meses, para degustação de vinhos:

Bodega Santa Julia - Família Zuccardi:  fizemos um tour privativo com degustação de quatro vinhos maravilhosos, onde aprendemos muito com o Davi que nos explicou detalhadamente sobre a história da bodega e sobre os vinhos.

Foto Blog Mundo Amor

Mais sobre a Familia Zuccardi

Esta é, sem dúvida, uma das bodegas mais receptivas e preparadas para receber os turistas. Pioneira no sistema de visitas - ao criar a Casa del Visitante, em 2001 - a Família Zuccardi faz questão de recepcionar bem quem chega por lá. E isso faz toda a diferença!
A excelente acolhida reflete-se no número de visitantes. Dificilmente você terá um tour exclusivo, porém isso permite que você troque experiências com gente de todo o mundo. E a bodega vai muito além da simples visita a tanques e cavas; lá você poderá viver intensamente os vinhedos, seja a pé, em um automóvel de época, andando de bicicleta ou em um passeio de balão! Que tal colher uvas em meio ao vinhedo? Lá você pode! Para quem procura conhecer mais a fundo a arte dos vinhos, o curso de degustação (independentemente do tour e com duração de três horas) será bem-vindo.
Além do passeio pela bodega, você poderá visitar a olivaria. A extração de azeite é especialidade da casa, que oferece, além do curso de degustação de azeite, um restaurante especializado na harmonização do produto. No Pan & Oliva você terá a oportunidade de fazer aulas de gastronomia (com ingredientes colhidos pessoalmente na horta local) e, depois, aproveitar um menu de três passos. Outro restaurante da bodega, o Casa del Familia, oferece a chance de aprender sobre a gastronomia local. Se você é do tipo que gosta mesmo é de experimentar, uma tarde de chá ou um piquenique ao ar livre poderá ser perfeito. Para quem procura um dia completo, a Familia Zuccardi é o lugar!
Consulte o site da bodega para ver a disponibilidade de horários e dias dos passeios, pois alguns são sazonais.
Todos os passeios e os restaurantes exigem reserva antecipada, através do site ou por telefone. 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Em seguida fomos ao Spa Hamam, situado no hotel Entre Cielos. Fomos presenteadas com um circuito completo de saunas quentes e úmidas de 37 e 55 graus celsius e com esfoliações naturais, seguidas de banho de piscina, relaxamento em pedra quente e finalizando com um mini banquete delicioso e um chá fantástico! Foi incrível! Começamos o primeiro dia de viagem deliciosamente bem!

Neste primeiro dia jantamos no hotel em que ficamos hospedados, Casa de Uco. Arquitetura moderna e incrível e comida impecável! Jantar maravilhoso!


Dia 2 – Região Lujan de Cuyo

Bodega Luigi Bosca:

Fizemos um passeio rápido pela bodega e degustamos os deliciosos vinhos, os quais são muito conhecidos. Impossível sair de la sem levar garrafas exclusivas para casa! (Clique aqui para acessar o site)

Foto Blog Mundo Amor

Bodega Norton - fizemos um tour pela vinícola enorme e maravilhosa e depois realizamos a experiência única e fantástica que se chama Enólogos por um dia, onde tivemos a oportunidade de criar nosso próprio Blend de vinho, misturando 3 uvas distintas 🍇 Merlot, Malbec e Cabernet Sauvignon, dentro de uma cava subterrânea incrível! Chegamos a um vinho só nosso ( um por casal ) e trouxemos de lembrança para degustar em casa com familiares e amigos !!!!

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor
Mais sobre a Norton
A visita à bodega Norton já começa com o pé direito: no alto do prédio antigo, você será recebido com uma maravilhosa taça de espumante. Enquanto degusta a bebida, aproveite para apreciar a vista dos vinhedos com o Cordón del Plata ao fundo. Além da agradável recepção, a Norton oferece aos visitantes um tour bem raro; lá é possível experimentar o vinho em várias etapas. Dos tanques, passando pelos barris de madeira e chegando ao produto final nas garrafas de vidro, você terá a chance de perceber melhor o processo até chegar a um bom vinho. No percurso, você conhecerá todas as instalações da bodega, porém o melhor está aguardando para o final: a cava, com vinhos históricos, é impressionante! Com segurança máxima, literalmente guardados a cadeado, os vinhos datam até de 1944!
Norton oferece também vários tipos de degustação.
Consulte a bodega para ver a disponibilidade de horários e dias dos passeios, pois alguns são sazonais. Todos os passeios - e também o restaurante - exigem reserva antecipada, através do site ou por telefone. Valor: Tours a partir de 30 pesos.
Chandon – com seu jardim deslumbrante e espumantes maravilhosos. Foi uma vivência muito tranquila e agradável. Degustamos os espumantes em meio a natureza e com contato direto com os vinhedos.
(Clique aqui para acessar o site)

Foto Blog Mundo Amor
                                                                Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Dia 3 – Região Valle do Uco

O Valle do Uco é uma região produtora de vinhos localizada a cerca de 100 km ao sul da cidade de Mendoza. É uma área relativamente nova, com vinícolas construídas nas duas últimas décadas, e que tem chamado cada vez mais atenção pela qualidade dos vinhos nela produzidos. Seus terrenos encontram-se entre 1.200 e 1.500 metros acima do nível do mar, uma altitude muito mais elevada que as outras regiões produtoras de Mendoza, e isso influencia na qualidade das uvas, gerando vinhos de melhor qualidade. Há cerca de vinte vinícolas no Valle de Uco e eu visitei três delas, as bodegas Andeluna, Casa de Uco e Salentein.

Bodega Casa de Uco - tem uma pequena produção com vinhos deliciosos e exclusivos ( e o hotel Casa de Uco se situa dentro de todo o complexo dos vinhedos e bodega ). Hóspedes têm acesso gratuito, devendo apenas realizar o agendamento da visita. (Clique aqui para acessar o site)

Foto Blog Mundo Amor
Foto Blog Mundo Amor

Bodega Andeluna -  Fizemos um tour pela bodega e vinhedo com o querido Fernando, que nos explicou detalhadamente sobre a vinícula, desde a plantação, diferença das folhas de acordo com a uva, sobre a colheita e processo de fermentação até o vinho estar pronto e a venda. Fizemos ainda uma degustação maravilhosa e comemos um aperitivo muito bem servido (com queijos, frios e empanadas fritas) em frente a lareira, com uma vista fantástica da bodega. Indicamos!!!! Uma das mais incríveis experiências em Mendoza.

Foto Blog Mundo Amor
Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

  
Um pouco mais sobre a ANDELUNA

As visitas na Andeluna acontecem todos os dias, de segunda à domingo, nos seguintes horários: 10:00h, 11:30h, 12:30h, 15:30h e 16:30h. Elas podem ocorrer em espanhol ou inglês e tem cerca de uma hora de duração. É necessário fazer a reserva antecipada entrando em contato pelos e - mails turismo@andeluna.com.ar ou hospitality@andeluna.com.ar ou pelo site oficial da bodega.


Na chegada foi possível ver a imensidão dos vinhedos da Andeluna, que ocupam uma área com mais de 80 hectares, tendo como pano de fundo as montanhas da Cordilheira dos Andes. 

A bodega oferece três diferentes tipos de degustação, explicados antes de a degustação começar, para que os visitantes possam escolher o tipo que preferem.
Degustação clássica – Custa 68 pesos argentinos por pessoa e inclui dois vinho da linha 1300 e um vinho de altitude.
Degustação side to side – Custa 187 pesos por pessoa e inclui dois vinhos da linha 1300, um vinho de altitude e um vinho da linha Pasionado, os mais nobres da vinícola. Essa degustação é indicada para casais ou duplas, onde cada um prova um vinho diferente da mesma linha.
Experiência Andeluna – Inclui seis tipos de vinhos nobres ao custo de 306 pesos argentinos por pessoa.

Bodega Salentein - Bodega gigante e lindíssima, com uma estrutura magnífica!!! ficamos impressionadas com as cavas subterrâneas, com a beleza e arquitetura do local, além da degustação fantástica em uma sala histórica, guiada pela querida Carla. Muitas informações sobre a história da bodega, os aromas dos vinhos, os sabores e degustação dos rótulos mais incríveis. 

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Um pouco mais sobre a SALENTEIN

Esta é, indiscutivelmente, uma das mais belas bodegas de Mendoza. No Vale do Uco, aos pés da Cordilheira dos Andes, o prédio da Salentein tem arquitetura única e design moderno. Encanta também pelo inusitado: além dos vinhos, o terreno abriga uma galeria de arte com exposições internas e também ao ar livre.
Na visita você conhecerá a sala de tanques de fermentação e algumas das mais espetaculares cavas da região. São 5.000 barris de carvalho francês que emolduram o grande salão subterrâneo em formato de anfiteatro. No centro, a rosa dos ventos lembra a relação da bodega com o mundo. Outra bela atração é a Sala Primus; nela você verá doze tonéis de carvalho francês com capacidade para 7.600 litros de vinho.
O final do tour acontece na sala de degustação, onde se saboreiam os vinhos da Salentein. Essa é uma das bodegas que oferecem mais opções de degustação.
Para quem procura ir além do tour básico, a bodega oferece o “arquitetura, arte e vinho”. Uma espécie de tourcultural que leva o visitante a conhecer mais a fundo a arquitetura e obras de arte da Galeria Killka, além das instalações ao ar livre. É de encher os olhos!
Há também o restaurante lindo Killka com opções de almoço. É necessária reserva antecipada, por telefone ou e-mail (reservas@killkasalentein.com), para todos os tours, degustações e o restaurante.
As visitas guiadas na Salentein também duram cerca de uma hora de duração e acontecem nos seguintes horários: em espanhol às 10:00h, 12:00h, 14:00h e 16:00; ou em inglês às 11:00h, 13:00h e 15:00h.

Jantar no Restaurante Siete Fuegos – Hotel The Vines
Restaurante famoso em Mendoza, conduzido pelo chefe de cozinha Francis Mallmann’s, situado no hotel Vines Resort & Spa. Restaurante com ambiente agradável e atendimento de primeira, porém há um preço elevado para isso!
(Clique aqui para acessar o site)
Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor

Dia 3 – Região Maipú

Bodega Trapiche - Restaurante Espacio Trapiche

Fomos convidadas a almoçar no Restaurante dentro da Bodega Trapiche no nosso último dia antes de partir.
Ficamos extremamente encantadas com a beleza do lugar, o excelente atendimento de todos, principalmente da Sommelier Soledad, que nos explicava exatamente o vinho que harmonizava com cada prato (com cada “passo”) com muito carinho, atenção, conhecimento e amor pelo que faz. Altíssima qualidade na comida, nos vinhos, azeite e pães de vinho (cabernet sauvignon) também produzidos por eles.
Este restaurante com certeza estará no nosso roteiro quando voltarmos a Mendoza.
Encerramos a viagem com chave de ouro!!!! (Clique aqui para acessar o site)

Foto Blog Mundo Amor

Foto Blog Mundo Amor


Foto Blog Mundo Amor


Reserve seus hotéis, aluguel de carros e contrate seguro viagem pelos links e banner do blog mundo amor. Você não paga NADA a mais por isso e nos ajuda com uma pequena comissão a manter o blog repleto de dicas de viagens :)

Gostou da nossa experiência nesse hotel ? Faça sua reserva através do booking, clicando aqui.

Para outras opções de acomodação em Mendoza, clique aqui.

Para aluguel de carro, clique aqui. 

Para seguro viagem, clique aqui.

Com carinho, 
Bárbara e Renata